Atlético busca 2º melhor aproveitamento no Brasileiro por pontos corridos

Atlético busca 2º melhor aproveitamento no Brasileiro por pontos corridos
Atlético se aproximou do título ao ganhar do Juventude no último sábado, por 2 a 0, no Mineirão, pela 34ª rodada do Brasileiro. Foto: Pedro Souza/Atlético

Galo lidera o campeonato com 74 pontos e precisa de mais oito em cinco jogos restantes para ser campeão sem depender de outros resultados

O Atlético busca ao menos três vitórias nas cinco rodadas restantes do Campeonato Brasileiro para somar 83 pontos e registrar o segundo melhor índice na era dos pontos corridos. O alvinegro enfrenta o Palmeiras nesta terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo, pela 35ª rodada. Depois, pega Fluminense, Bahia, Bragantino e Grêmio.

Se encerrar a competição com 83, o Galo terá 72,8% de aproveitamento, ligeiramente acima dos 72,5% obtidos pelo Cruzeiro em 2003. Na ocasião, o arquirrival computou 100 pontos em 138, uma vez que a Série A era disputada por 24 clubes em 46 rodadas.

O alvinegro só ficaria abaixo do Flamengo campeão em 2019, com 90 - 78,9%. O time dirigido pelo português Jorge Jesus ficou notabilizado pelo grande poderio ofensivo - marcou 86 gols, a maioria com o trio Gabriel (25), Bruno Henrique (21) e Arrascaeta (13). Foram 28 vitórias, seis empates e quatro reveses.

Com 74 pontos em 33 jogos - 23 triunfos, cinco empates e cinco derrotas -, o Atlético contabiliza índice de 74,7% e pode alcançar até 78%. Hulk é o destaque da equipe na Série A, com 14 gols e sete assistências em 31 presenças. Na temporada, anotou 29 tentos em 62 jogos.

Mesmo com cinco partidas a cumprir, o Galo ultrapassou o desempenho do Flamengo de 2009 (67) e 2020 (71); do Fluminense de 2010 (71); e do Corinthians de 2011 (71) e 2017 (72). Caso ganhe do Palmeiras, atingirá 77 pontos, acima do São Paulo de 2008 (75) e do Cruzeiro de 2013 (76).

Para ser campeão do Brasileirão dependendo somente das próprias forças, o Atlético necessita de oito pontos nos cinco duelos restantes (53,3%), já que o Flamengo, vice-líder, com 66, consegue ir no máximo a 81. O rubro-negro terá pela frente Grêmio, Ceará, Sport, Santos e Atlético-GO.

Pontuação e aproveitamento dos campeões desde 2003*

* O Brasileirão teve 46 rodadas em 2003 e 2004, 42 em 2005 e 38 a partir de 2006

2003 - Cruzeiro: 100 pontos (72,5%)

2004 - Santos: 89 pontos (64,5%)

2005 - Corinthians: 81 pontos (64,3%)

2006 - São Paulo: 78 pontos (68,4%)

2007 - São Paulo: 77 pontos (67,5%)

2008 - São Paulo: 75 pontos (65,8%)

2009 - Flamengo: 67 pontos (58,8%)

2010 - Fluminense: 71 pontos (62,3%)

2011 - Corinthians: 71 pontos (62,3%)

2012 - Fluminense: 77 pontos (67,5%)

2013 - Cruzeiro: 76 pontos (66,7%)

2014 - Cruzeiro: 80 pontos (70,2%)

2015 - Corinthians: 81 pontos (71%)

2016 - Palmeiras: 80 pontos (70,2%)

2017 - Corinthians: 72 pontos (63,1%)

2018 - Palmeiras: 80 pontos (70,2%)

2019 - Flamengo: 90 pontos (78,9%)

2020 - Flamengo: 71 pontos (62,3%)

Fonte: Super Esportes

Informa Equipe Portal Guim@online - A gente conecta você!