De olho no acesso, Cruzeiro inicia caminhada na Série B contra o Bahia

De olho no acesso, Cruzeiro inicia caminhada na Série B contra o Bahia
Paulo Pezzolano tem a missão de recolocar o Cruzeiro na Série A. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Time celeste começa competição com expectativa de ficar entre os quatro primeiros colocados após ter confirmada a permanência de Ronaldo como investidor

Após dois anos de sofrimento na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro começa a enxergar uma luz no fim do túnel quanto ao retorno à Primeira Divisão com a permanência do ex-jogador Ronaldo como investidor da Sociedade Anônima do Futebol. O clube estreia contra o Bahia, às 21h30 desta sexta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O bom início em 2022 credencia a Raposa a lutar pelo acesso. No Mineiro, a equipe obteve nove vitórias, um empate e quatro derrotas em 14 jogos, com 26 gols marcados e 15 sofridos.

Na decisão, demonstrou coragem ao encarar o Atlético, apesar do revés por 3 a 1. Na Copa do Brasil, superou Sergipe (5 a 0) e Tuntum (3 a 0), e terá o Remo como adversário na terceira fase.

O técnico uruguaio Paulo Pezzolano tem sido bastante elogiado por conseguir implantar um sistema de jogo de intensidade, movimentação e qualidade no toque de bola. Graças a essas características, o Cruzeiro alcançou uma média superior a dois gols - 34 em 16 jogos -, tendo Edu (10) e Vitor Roque (6) como principais artilheiros do elenco.

Edu traz no currículo a artilharia da Série B de 2021 vestindo a camisa do Brusque, com 17 gols em 33 partidas. O atacante de 28 anos falou sobre a expectativa de mais uma participação do campeonato e dos objetivos individuais e coletivos na temporada.

“Ainda é cedo para se pensar em artilharia da Série B, pois vamos para a primeira rodada e é um campeonato equilibrado e difícil. Temos como principal objetivo conquistar o acesso, esse é o nosso pensamento, e vamos trabalhar 100% voltados para isso. Mais para frente pensaremos em artilharia, em título, será consequência de um bom trabalho”.

“Temos um jogo muito complicado contra o Bahia fora de casa. Se não estivermos 100% preparados e focados para esse desafio, enfrentaremos dificuldades. Temos trabalhado muito forte na Toca para ter uma grande estreia diante de um adversário fora de casa”.

Finanças

Nos anos anteriores, o Cruzeiro lidou com uma grave crise financeira que impactou em salários atrasados, ações trabalhistas e, consequentemente, mau desempenho em campo. Na Série B de 2020, o time encerrou em 11º, com 49 pontos - começou com seis a menos por causa de uma punição na Fifa. Em 2021, terminou em uma colocação ainda pior: 14º, com 48.

A dívida de R$ 1 bilhão continua existindo em 2022, mas poderá ser renegociada com a presença de Ronaldo na condição de acionista majoritário da SAF (90%). O contrato prevê o aporte de R$ 400 milhões pelo antigo camisa 9 da Seleção Brasileira - R$ 50 milhões de entrada e R$ 350 milhões de receitas incrementais e/ou capital próprio.

Desde o anúncio do Fenômeno como sócio, em 18 de dezembro de 2021, o Cruzeiro manteve remunerações em dia e quitou R$ 26 milhões em débitos na Fifa. Nos próximos dias, o clube arcará com mais dois imbróglios: R$ 12 milhões pelo zagueiro Caicedo, ex-Independiente del Valle, do Equador, e R$ 1,1 milhão pelo atacante Careca, ex-Atlético-AC.

De acordo com a lei da SAF, a gestão de Ronaldo terá de repassar 20% do faturamento mensal para reduzir o passivo da associação civil em prazo de até 10 anos. O empresário se comprometeu a pagar a dívida tributária do clube, de R$ 180 milhões, tendo como contrapartida a propriedade dos centros de treinamento Tocas I e II.

Quem joga?

O Cruzeiro poderá ter mudanças em comparação à formação na final do Campeonato Mineiro. No ataque, Waguininho é opção para o lugar de Vitor Leque, enquanto Daniel briga por uma vaga no meio-campo com Pedro Castro. 

A principal ausência é o armador João Paulo, que permaneceu em Belo Horizonte para trabalhos de fortalecimento e equilíbrio muscular.

Adversário

Rebaixado no Brasileirão de 2021 (18º, com 43 pontos), o Bahia começou o ano de forma distinta à do Cruzeiro. No estadual, ficou em sexto lugar entre dez clubes e não avançou às semifinais. Na Copa do Nordeste, terminou em quinto no Grupo B e acabou fora das quartas de final.

Com sete vitórias, quatro empates e seis derrotas em 17 jogos, o Esquadrão de Aço quer dar a volta por cima na Série B e regressar à divisão de elite do Brasileiro, sobretudo pela possibilidade de ter o Grupo City como investidor da SAF por uma aquisição na ordem de R$ 650 milhões.

O atacante colombiano Hugo Rodallega, com boas passagens por Fulham, da Inglaterra, e Trabzonspor, da Turquia, é o protagonista do elenco tricolor, com 12 gols e duas assistências em 13 jogos em 2022.

BAHIA X CRUZEIRO

BAHIA

Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Patrick, Rezende e Daniel; Marco Antônio, Raí e Rodallega

Técnico: Guto Ferreira

CRUZEIRO

Rafael Cabral; Rômulo, Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Pedro Castro (Daniel) e Fernando Canesin; Vitor Roque, Vitor Leque (Waguininho) e Edu

Técnico: Paulo Pezzolano

Motivo: 1ª rodada da Série B

Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador

Data: sexta-feira, 8 de abril de 2022

Horário: 21h30

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Éder Alexandre e Henrique Neu Ribeiro (SC)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Transmissão: SporTV

Fonte: Super Esportes

Informa Equipe Portal Guim@online - A gente conecta você!